Como Plantar Mandrágora (Mandragora officinalis) + Cuidados

Quer aprender os mistérios das mandrágoras? Confira o conteúdo que preparamos para você!

Publicado em e atualizado em: 06-09-2021 por Lory Aguiar

A mandrágora era considerada uma planta mágica pelos antigos egípcios. Isso devido ao fato do design da raiz dessa planta lembrar uma forma humana, com braços e pernas. Na idade média, acreditava-se que arrancar uma mandrágora da terra poderia atrair a morte para a pessoa. Mas cuidar dessa planta, segundo os medievais, poderia ser uma forma de atrair prosperidade e sucesso.

com frutos

Outra lenda antiga diz que a raiz dessa planta grita quando arrancada do solo – principalmente pelo fato de sua raiz parecer uma pessoa. Mas essa crença de “planta amaldiçoada” não é por acaso. A mandrágora é uma planta venenosa, cujas raízes e folhas contém alcaloides tóxicos que podem ocasionar alucinações, vômitos e diarreias. Portanto, é preciso muita prudência para cultivar essa planta.

Como cuidar da Mandragora

A mandrágora, conhecida cientificamente como mandragora officinalis, é uma planta perfeita para ser cultivada em canteiros ou vasos domésticos. A seguir, preparamos um guia completo com tudo o que você precisa saber para plantar mandrágora na sua casa.

Mandragora officinalis

Cuidados com Mandragora

Confira alguns dados botânicos da planta:

Nome científico Mandragora officinalis
Nome popularMandrágora
FamíliaSolanaceae
OrigemEuropa
TipoPerene
Mandragora officinalis

Como Cultivar Mandrágora Passo a Passo

em casa
  • Solo: a mandrágora aprecia solos mais rochosos e alcalinos, além de bem drenados.
  • Luz e Clima: a mandrágora é uma planta perfeita para posicionar em lugares quentes e ensolarados, protegidos de geadas e de ventanias.
  • Propagação: você pode propagar a partir de sementes (plantando preferencialmente no outono) ou a partir de estacas de raízes colhidas no inverno. A propagação a partir de raízes consiste em dividir os tubérculos.
  • Poda: a poda é dispensável para essa planta.
  • Pragas e doenças: a mandrágora é uma planta que raramente tem problemas com pragas e doenças.

A mandrágora é venenosa?

flores da planta 1

Sim. A mandrágora tem alcaloides tóxicos presentes em suas folhas, flores e raízes que podem ocasionar até mesmo a morte se ingeridos em grandes quantidades. Ao perceber os sintomas, procure imediatamente por ajuda médica.

Curiosidades sobre a Mandrágora

Como você viu na introdução deste artigo, essa é uma planta cheia de lendas e mistérios. Confira algumas curiosidades interessantes sobre as mandrágoras:

  • No período medieval, aconselhava-se arrancar uma mandrágora apenas na lua cheia e utilizando um cachorro e uma corda. Caso contrário, dizia-se que a pessoa poderia enlouquecer ouvindo a raiz da planta gritar.
  • O grego Dioscórides foi o primeiro a utilizar a mandrágora em pequenas quantidades como forma de anestésico natural para cirurgias.
  • Um extrato de mandrágora americana (Podophyllum peltatum) é usado para tratar verrugas.
  • No livro que narra a Odisséia, a feiticeira Circe utiliza a mandrágora para o preparo de uma poção mágica utilizada para transformar os soldados de Odisseu em suínos.
  • Suas folhas reluzem a noite. Por conta dessa característica, ela também é conhecida como “vela do demônio“.
  • Os árabes a chamavam de “maçãs do diabo” devido ao suposto efeito afrodisíaco atribuído a essa planta.
  • A planta também aparece na série de livros Harry Potter, além do clássico Romeu e Julieta de William Shakespeare.
Fotos da Mandragora
Fotos de Mandragora 1
frutos nascendo
Mandragora
no jardim
no vaso
raizes em forma humana

Confira também: Como Plantar Ripsális

Você ficou com alguma dúvida sobre o cultivo desta erva? Comente abaixo!

Compartilhe nas Redes Sociais! :)

Facebook Twitter Pinterest Whatsapp

Você leu Como Plantar Mandrágora (Mandragora officinalis) + Cuidados. O Meu Verde Jardim estará aqui para te ajudar sempre que precisar!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.