Vinca-de-Madagascar: Como Plantar, Cuidar, Cultivar e Espécies

Saiba tudo sobre a Vinca-de-Madagascar nesse guia botânico!

Publicado em e atualizado em: 28-10-2021 por Lory Aguiar

Você conhece a Vinca-de-madagascar, como cultivá-la e seus benefícios para a saúde? Continue lendo esse artigo e você irá descobrir mais sobre essa linda planta que além de ser uma ótima opção para decorações também ajuda a melhorar a saúde.

branca 3

A Catharanthus roseus ou vinca-de-madagascar como popularmente a conhecemos, em algumas regiões também pode ser chamada com os seguintes nomes: maria-sem-vergonha, bom-dia, vinca-de-gato,  beijo da mulata e pervinca-de-madagáscar.

É uma planta pertencente à família das Apocynaceae e possui seu ciclo de vida bienal, ou seja, nascem, crescem, florescem e morrem num período de dois anos. São plantas de pequeno a médio porte, podendo atingir de 30 a 60 cm.

branca 1 3

Origem

Como o próprio nome diz, ela é natural da Ilha de Madagascar localizada no continente africano.

Plantio e propagação

É uma planta de fácil cultivo e plantio, podendo ser cultivada tanto por sementes ou por estaquia. Veremos como se dá cada método. Quando por sementes, o cultivador deve definir o local, podendo ser pequenos vasos ou sementeiras. 

Semeie as sementes no solo úmido, não precisa cavar, basta abrir uma leve camada de terra e depois a cobrir com terra peneirada. A germinação ocorrerá entre um ou duas semanas. 

Quando for por transplante de mudas, o transplante deve ser feito quando estiverem com cerca de 6 a 8 cm.

Quando por estaquia o cultivador deve cortar os ramos, retirar as folhas mais velhas e plantar em vasos, os ramos devem estar com 8 cm de comprimento.

como cuidar 1

Solo e clima

A vinca é tolerante quanto ao solo onde será cultivada. Se desenvolve bem em solos não tão ricos. Para que ela permaneça saudável é bom que o solo seja levemente fértil e bem drenado. O pH ideal para esse solo deve estar entre 5,5 e 6,0.

É preferível que a vinca seja cultivada em lugares onde predomina o clima tropical, subtropical e equatorial. A temperatura ideal deve ficar acima de 20°C. A vinca pode suportar ser cultivada em locais com temperaturas mais baixa, porém, ela não suporta estar em locais com clima muito frio, não sobrevive a geadas.

como ela é

Iluminação e irrigação

A vinca é uma planta que precisa receber luz solar direta por poucas horas durante o dia, se for deixada recebendo sol durante o dia todo, ela terá um desenvolvimento menor em suas folhas e além disso, elas ficarão mais escuras que o normal e por consequência irão perder o brilho natural que possuem. 

O recomendando é ser moderado, pois também deixá-la sem receber sol, fará com que as suas flores não cresçam.

No que se refere a irrigação, o recomendado é que o solo fique sempre úmido, porém deve ser evitado o encharcamento do solo. Quando desenvolvida, a vinca pode suportar que o solo fique seco por curtos períodos de tempo.

cor rosa 6

Floração e espaçamento entre outras plantas

A vinca possui a sua época de floração nas estações da primavera, verão e outono, sendo o seu auge de floração no verão. Dependendo do cultivo e das condições onde estiver, ela pode florescer durante todo o ano.

O espaçamento recomendado é que permaneça a uma distância de 25 a 60 cm de outras plantas.

dicas de cuidados

Uso na medicina

A Vinca é constantemente utilizada tanto na medicina tradicional como na medicina natural. Ela é estudada devido as suas folhas produzirem alcaloides bisindólicos que são usados no tratamento de vários tipos de cânceres e também em pessoas com diabetes.

Além disso, a Vinca possui propriedades anti-inflamatórias que também são usadas nos tratamentos de outras enfermidades. Veremos a seguir os seus benéficos e sua atuação no tratamento dessas doenças.

em casa 6

Listamos os seus benefícios

  • Ação antisséptica: combate bactérias e vírus, também curando feridas, erupções cutâneas e auxilia no tratamento de hemorragias.
  • Trata o inchaço: por possuir propriedades diuréticas, ela trabalha ajudando no combate da retenção de líquidos.
  • Ameniza as dores das cólicas menstruais: em alguns lugares o seu chá é usado no combate da dismenorreia.
  • Picadas: em alguns lugares é usada para tratar picaduras de vespas no método Ayurveda.
  • Tratamento da diabetes e malária: na China é usada na medicina tradicional no tratamento dessas duas patologias.
  • Cura de cânceres: as propriedades da vinca vem ajudando a salvar a vida de muitas pessoas com diferentes tipos de cânceres e tumores como: sarcoma de Kaposi,  linfomas malignos, linfoma de Hodgkin, micose fungoide,tumor de Wilms entre outros.
  • Vale ressaltar que muitas crianças que sofrem com leucemia estão sendo curadas graças as propriedades contidas na vinca.

Precauções quanto ao uso

O uso de plantas no tratamento de doenças também pode trazer perigos. O seu uso de forma exagerada pode trazer efeitos colaterais como: perda de cabelo, perda de audição, sangramento, náusea, vômito, convulsões, danos no fígado entre outros problemas que podem até mesmo levar uma pessoa a óbito.

É proibido para mulheres grávidas e lactantes, pois além do alto risco de aborto é bem possível que os bebês possam nascer com malformações congênitas, por conta das substâncias tóxicas presentes.

Por tanto é fundamental que o seu uso seja com acompanhamento médico ou especialistas da medicina natural alternativa.

em várias cores 8
fotos da flor 1
Fotos de Vinca de Madagascar
imagens da planta 1
Imagens de Vinca de Madagascar
rosa 6
rosa 1 1
rosa claro 5
Vinca de Madagascar
Vinca de Madagascar 1
Vinca de Madagascar 2
Vinca de Madagascar branca

Características

  • Possui lindas folhas brilhosas na cor verde e com formato ovulado, tendo uma nervura clara no centro, dando uma bela perspectiva em conjunto com as flores.
  • Suas flores são delicadas e quase sempre na cor rosa, porém é comum encontrar flores com outros tipos de coloração, como: branco, violeta e diferentes tonalidades de rosa.  Dentro desses outros tipos, é comum encontrar as flores com pétalas mais largas ou estreitas.
  • Mesmo com todas as propriedades que a vinca apresenta, deve-se ter cuidados com a sua seiva, ela nunca deve ser consumida, pois é altamente tóxica.
  • Possui no centro das suas flores tipos de colorações que variam conforme a espécie, essa coloração proporciona um destaque lindo a flor.

Ameaça de extinção

Uma triste realidade sobre a vinca é que está em processo de extinção em sua terra de origem, por conta das queimadas que são feitas em seu habitat natural para a as atividades agrícolas da região. 

Mas isso não significa o seu fim, uma vez que a vinca pode ser cultivada em climas tropicais e subtropicais, podendo assim não ser extinta de vez.

Tem alguma dúvida? Comente abaixo!

Compartilhe nas Redes Sociais! :)

Facebook Twitter Pinterest Whatsapp

Você leu Vinca-de-Madagascar: Como Plantar, Cuidar, Cultivar e Espécies. O Meu Verde Jardim estará aqui para te ajudar sempre que precisar!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.