Como Plantar e Cuidar da Planta Cordel de Tartarugas (Peperomia Prostrata)

Busca por uma suculenta pequena para cultivar no interior da sua casa ou apartamento? O Cordel de Tartarugas é a planta perfeita!

Publicado em e atualizado em: 15-07-2021 por Lory Aguiar

Também chamada de peperômia, o cordel de tartarugas (ou colar de tartarugas) é uma suculenta nativa da América do Sul muito fácil de ser cultivada em casa. Seu nome se dá pela semelhança que suas folhas têm com um casco de tartaruga.

colar de tartaruga

Além de resistente e de baixa manutenção, ela é popular entre jardineiros iniciantes e avançado devido a beleza de suas folhas, que adicionam um verde para o ambiente. Outra característica que a faz uma planta bastante atrativa é que ela pode filtrar níveis de formaldeído do ar da sua casa em até 40%, tornando o ar mais saudável para toda a sua família.

Como cuidar de Peperomia

Se você quiser identificar essa planta, deve observar as seguintes características:

  • Folhas pequenas com cerca de meia polegada.
  • Folhas verdes ou roxas, de acordo com a variedade do cordel de tartarugas.
  • Planta de baixa manutenção.
  • Planta de baixo porte.
  • Altura máxima de 30 centímetros.
  • Plantas não tóxicas.
  • Potencial de filtrar o ar.

Peperomia Prostrata

Cordel de Tartarugas
Nome científicoPeperomia Prostrata
Nome popularPeperômia ou Cordel de Tartarugas
FamíliaPiperaceae
OrigemAmérica do Sul
TipoHerbácea
Peperomia Prostrata

O mais legal é que essa é uma planta nativa do Brasil, embora ainda possa ser encontrada em outros países da América Latina. Ela faz parte da família piperaceae, que conta com mais de 1.5000 espécies de clima tropical e subtropical.

Cultivo de Peperomia

Cordel/Colar de Tartaruga: Como Plantar e Como Cuidar

Confira algumas dicas, ideias e condições ideias para você plantar o cordel/colar de tartarugas:

  • Como escolher o vaso perfeito para o cordel de tartaruga: Eis uma planta perfeita para cultivar em vasos, principalmente em vasos suspensos. As condições para a escolha de vaso incluem verificar a drenagem do vaso, além do tamanho (que deve ser de médio a pequeno). Por conta de contar com raízes pequenas, o vaso ideal também deve ser mais raso.
  • Como preparar o solo: a peperomia prostata é uma planta originada em regiões de clima tropical. Dado isso, elas gostam de um solo bem úmido e rico em nutrientes. Você pode adicionar perlita ou turfa para enriquecer o solo – que podem ser compradas em lojas online, como o Amazon.
  • Luz: por ser uma planta tropical, ela pode ser cultivada em ambientes de sombra parcial.
  • Como fertilizar: essa planta aprecia a fertilização durante todo o ano, especialmente durante a fase de desenvolvimento. Escolha um fertilizante com equilíbrio NPK 20/20/20. Dilua-o bem e aplique conforme as recomendações do rótulo.
  • Como regar o cordel de tartarugas: por ser uma suculenta, essa planta consegue armazenar muita água em todas as suas regiões, incluindo caule e folhas. Isso a faz ser resistente a seca. Por conta disso, é melhor faltar água do que sobrar, uma vez que a principal causa de morte dessa planta é o excesso de água.
  • Umidade ideal: a umidade ideal para o cultivo de peperomia prostrata é de 50% a 75%. Em ambientes mais secos, a planta vai exigir uma frequência maior de irrigação.
  • Replantio: o replantio dessa planta é geralmente dispensável, uma vez que são plantas que crescem lentamente. Você pode precisar replantá-la depois de três anos, quando as raízes alcançarem tamanho o suficiente para não caber mais no vaso.
  • Poda: essa planta oferecer uma facilidade quanto a poda, sendo também dispensável. A poda só é necessária como forma de remediar problemas, como remover folhas infectadas por pragas ou doenças.
  • Pragas: essa é uma planta que vai te dar pouca dor de cabeça com pragas. Mas como toda planta doméstica, esta suscetível ao aparecimento de cochinilhas, moscas brancas e ácaros aranha.

Leia também: Como Plantar Escudo Persa

Problemas com a Irrigação

em casa

Essa planta tem duas principais causas de morte. A primeira é o excesso de irrigação. A segunda é a escassez de umidade. Na dúvida, é melhor pecar pela escassez de água, uma vez que as suculentas armazenam água em sua estrutura.

Fotos de Cordel de Tartarugas

Sinais de baixa irrigação:

  • Solo muito seco;
  • Solo rachando;
  • Crescimento lento;
  • Planta perdendo folhas.
Imagens de Cordel de Tartarugas

Sinais de excesso de irrigação:

  • Surgem manchas marrons nas folhas;
  • Surge mofo no solo;
  • As folhas começam a cair;
  • As folhas começam a ficar amareladas.
Imagens de peperomia prostrata

Se o caule da planta estiver muito mole, pode ser que a planta está sofrendo com a podridão de raízes. Dependendo do nível, a planta não pode mais ser salva. Existem algumas soluções para a planta caso você tenha cometido o excesso de irrigação:

  • Corte as folhas amareladas com uma tesoura de jardinagem para estimular a planta a enviar nutrientes apenas para as folhas saudáveis.
  • Remova prováveis fungos, mofos e outras doenças da umidade que podem surgir no solo ou ao longo da planta.
  • Adicione algum material que melhore a drenagem do seu solo.
  • Remova raízes que apresentem algum dano em sua estrutura.
  • Mova a planta para uma região de mais sol para absorver o excesso de umidade.

Como você pode ver, existem diversas soluções que você pode tomar. Lembre-se que suculentas são bem resistentes a secas e é melhor pecar pela falta de regas.

Leia também: Como Cuidar de Filoendro

Peperomia 1
peperomia prostrata
peperomia prostrata em vaso
planta de interior
Plantar Peperomia
suspensa

Fontes e Referências: [1][2][3]

Você ficou com alguma dúvida sobre como plantar cordel tartaruga passo a passo? Deixe o seu comentário abaixo que iremos esclarecer todos os seus pontos!

Compartilhe nas Redes Sociais! :)

Facebook Twitter Pinterest Whatsapp

Você leu Como Plantar e Cuidar da Planta Cordel de Tartarugas (Peperomia Prostrata). O Meu Verde Jardim estará aqui para te ajudar sempre que precisar!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.