Fungos Parasitas de Plantas: Espécies, Sintomas e Tratamentos

Quem são eles? Como acabar com eles? Aprenda TUDO!

Publicado em e atualizado em: 26-05-2020 por Lory Aguiar

Os fungos parasitas e sua importância!

Os fungos parasitas são altamente prejudiciais, e podem se apresentar com uma grande variedade de modos de vida.

Vamos conhecer o modo que eles podem viver, como:

Parasitas: são quando se alimentam de substâncias que costumam retirar dos organismos vivos, instalando-se e prejudicando-o.

  • Predadores: quando capturam pequenos animais, alimentando-se deles.
  • Saprófagos: quando consegue seus alimentos decompondo organismos mortos.
  • Mutualísticas: quando estabelece associações com outros organismos, em que ambos se beneficiam.

Ferrugem

Uma doença causada por fungos é a ferrugem. O fungo tem o nome de Puccinia melanocephala.

A ferrugem é uma doença provocada por fungos que acometem as plantas, especialmente a cana-de-açúcar. Esse segmento se torna muito prejudicado economicamente. Essa doença, foi detectada pela primeira vez na cana-de-açúcar, aqui no Brasil no ano de 1986.

Ferrugem

Sintomas da ferrugem

No início aparecem pequenos pontinhos nas folhas, que logo vão se tornando manchas mais longas com uma cor amarelada.

Essas manchas aparecem na superfície superior e inferior das folhas e seu tamanho varia entre 2 e 10 cm de comprimento e 1 e 3 cm de largura.

O tamanho dessas manchas aumentam com muita rapidez, mudando do tom amarelo para o vermelho, chegando ainda em um vermelho pardo e culminando no preto.

A cor preta é quando a planta chegou nos estágios finais da morte da folha. A planta acometida pela ferrugem desenvolve pústulas, no meio das manchas, sendo essas pequenas elevações na superfície da folha.

Por cobrirem parte da folha, essas pústulas diminuem a sua parte fotossintética, fazendo com que a planta tenha um crescimento retardado.

sintomas de Ferrugem

Disseminação da ferrugem

Geralmente, na maioria dos casos a disseminação acontece pelo vento, que faz o transporte dos esporos dos fungos para outras plantações, em regiões diversas. Para o controle da doença é necessário o uso de espécimes resistentes ao fungo.

Carvão

sintomas do Carvão

Sintomas do carvão

Você deve estar se perguntando o que é o carvão? O carvão nada mais é que uma doença causada por fungos que podem levar a planta a morte.

O nome desse fungo é Ustilago Scitaminea. Um dos problemas mais graves dessa doença é que ela pode ter sido erradicada de uma determinada região há muitos anos e mesmo assim voltar a acontecer.

É uma doença muito comum em canaviais, se caracterizando pelo aparecimento de um tipo de chicote. Essa transformação se dá na região de crescimento do colmo da planta que é induzida por esse fungo. O tamanho dessa espécie de chicote varia desde uns poucos centímetros até mais de um metro de comprimento.

Esse chicote é composto de parte do tecido da planta e parte do tecido do fungo.

No começo ele apresenta uma coloração prateada, podendo se tornar preta com o passar do tempo, devido ao processo de maturação dos esporos.

Geralmente um sinal que costuma aparecer antes dos chicotes é o estreitamento e também o encurtamento das folhas. Esses chicotes costumam aparecer em plantas que tem idade entre seis e sete meses.

Carvão

Disseminação do carvão

O ambiente com as condições apropriadas, contribui para o surgimento de epidemias dessa doença. Em condições de estresse, até mesmo as plantas com resistência natural, podem ser acometidas por essa doença. O calor ou o estresse hídrico ajudam também no surgimento da doença.

A prevenção da doença é através do uso de espécimes que sejam resistentes a doença. Pode-se ainda realizar um tratamento térmico para curar as mudas.

Podridão do abacaxi

Podridão do abacaxi 1

Sintomas da doença podridão do abacaxi

Essa doença conhecida popularmente como podridão do abacaxi, é muito comum na cana-de-açúcar. Ela utiliza aberturas naturais ou até mesmo ferimentos da planta, para penetrar e colonizar a planta. Ela não consegue penetrar por seus próprios meios. O nome desse fungo é Ceratocystis paradoxa.

No momento que a doença se instala na planta, começa a causar a baixa germinação e até mesmo a morte de brotos.

Outro sintoma que dá para fazer o diagnóstico é a observação da coloração vermelha nos tecidos internos, e também o cheiro de abacaxi que a planta exala quando é cortada.

Podridão do abacaxi

Disseminação da podridão do abacaxi

Geralmente o fungo que causa essa doença, necessita de umidade, assim a disseminação se dá em solos encharcados que possuem drenagem ruim. Existe também o favorecimento de temperaturas baixas.

Para se prevenir essa doença, deve-se usar mudas com fungicidas para o cultivo e ainda evitar plantar mudas em solos que foram contaminados.

Antracnose

A Antracnose e seus sintomas

A Antracnose é uma doença que atua sobe todos os órgãos verdes das plantas como:

  • Ramos;
  • Folhas;
  • Inflorescência;
  • Frutos;
  • Gavinhas.

É uma doença que costuma atacar as videiras.

Essa doença quando ataca os ramos, acarreta o aparecimento de cancros com forma irregular, com cor cinza no centro e cuja borda fica preta.

A medida que a doença evolui nas folhas, as manchas começam a ficar perfuradas no centro. Essa doença ainda provoca manchas circulares de cor cinza no centro e de bordas pretas que é chamado popularmente de olho-de-passarinho.

Antracnose

Disseminação da Antracnose

A disseminação desse fungo se dá com mais facilidade em ambiente com muita umidade, podendo se desenvolver bem em temperaturas entre 2°C a 32°C.

O desenvolvimento dessa planta acontece por volta de 20°C, assim, para se evitar o aparecimento da Antracnose é de suma importância evitar o plantio em baixadas úmidas ou terrenos que fiquem suscetíveis a ventos muito frios.

Apesar de todos esses cuidados, vale lembrar que nem sempre são suficientes para a prevenção da Antracnose, por essa razão é essencial fazer o controle da doença na época em que a videira está em repouso.

Por possuir alta umidade no início da brotação, tornando favorável a infecção das plantas, deve-se iniciar as pulverizações.

Como pudemos ver, os fungos podem ser bastante prejudiciais para as plantas, causando inúmeros tipos de doenças.

O melhor é sempre a prevenção, pois muitas doenças quando instaladas, se tonam mais difícil de serem curadas.

Gostou desse artigo?

Como vimos, os fungos parasitas de plantas podem destruir muitas plantações, quando não evitados corretamente.

O ideal é sempre fazer a prevenção desses fungos, logo que se notar qualquer sinal da doença.

E ai gostou desse artigo? Deixe seu comentário, sua sugestão, ajude-nos a disseminar o conhecimento.

Compartilhe nas Redes Sociais! :)

Facebook Twitter Pinterest Whatsapp

Você leu Fungos Parasitas de Plantas: Espécies, Sintomas e Tratamentos. O Meu Verde Jardim estará aqui para te ajudar sempre que precisar!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.