Como Usar Sal de Epsom no Jardim: Plantas, Horta, Usos, Tutorial

O sulfato de magnésio é um corretivo para solos pobres em magnésio. Aprenda como usá-lo corretamente!

Publicado em e atualizado em: 04-06-2022 por Lory Aguiar

Sal de Epsom nada mais é do que sulfato de magnésio. Eis um aditivo para jardins que tem múltiplos usos e funções. Nesse novo guia do Meu Verde Jardim, você vai conhecer todos os benefícios, vantagens, desvantagens e malefícios do uso do Sal de Epsom no seu jardim.

Como Usar Sal De Epsom

Diferente de outros aditivos, esse sal tem o pH neutro, podendo ser utilizado em plantas de diversos pH’s. Ele age melhorando a absorção de nutrientes por parte das plantas. Além disso, é considerado por muitos como uma excelente maneira de controlar diversas pragas.

Algumas pessoas argumentam que ele não serve muito para nada, uma vez que não tem nutrientes para agir como fertilizante. Mas qual é a verdade? Ele funciona ou não? É o que você vai descobrir hoje!

O que é sal de epsom? Composição

Para Plantas

Como dito, ele é o sulfato de magnésio, um composto mineral que é feito de enxofre, oxigênio e magnésio. Ele se parece muito com sal de cozinha é tem diversas aplicações, podendo ser utilizado na agricultura, mas também na medicina e na construção civil.

Seu nome se dá por conta de Epsom, uma cidade da Inglaterra famosa pela produção do sal.

Seu uso no solo aumenta o teor de magnésio e de enxofre.

Quais são os benefícios e vantagens do uso de sal de epsom para as plantas?

Sal De Epsom

O sal de epsom é recomendado para enriquecer solos pobres em enxofre e magnésio. No geral, os solos são ricos em quantias necessárias de magnésio e enxofre. Todavia, solos argilosos e ácidos podem serem mais pobres nesses minerais, exigindo a suplementação.

Vale dizer que o magnésio e o enxofre não são imprescindíveis para o crescimento das plantas. É aqui que começa a polêmica da coisa. Muitas pessoas dizem que ele não faz diferença prática no solo. O fato é que tudo depende das deficiências do solo em questão.

O magnésio é um dos responsáveis pela síntese de clorofila, uma substância utilizada na fotossíntese das plantas. Além disso, ele facilita a absorção de nutrientes como o fósforo e o nitrogênio.

Vale dizer que os benefícios só existem para solos desequilibrados.

Quando utilizado em plantações de tomates e pimentões, o sal de epsom pode melhorar o sabor.

Como Usar o Sal de Epsom no Jardim, Horta e Plantas

Sal De Epsom No Jardim

Conhecido os benefícios, vamos para a mão na massa.

Para aplicar esse produto, você deve dissolver duas colheres do sal em um litro de água e borrifcar sobre as plantas utilizando um spray.

Você deve aplicá-lo diretamente nas folhas das plantas.

Algumas pessoas o utilizam juntamente a água de irrigação. Isso é útil principalmente para rosas, mas deve ser feito em menores quantidades do que no uso corretivo (utilize apenas uma colher por litro de água).

Atenção: utilize apenas sal de epsom com selo USP. Além disso, mantenha-o longe de crianças e animais de estimação. Também é válido dizer que você deve utilizar luvas para manuseá-lo – uma vez que ele é absorvido pela pele.

Sal de Epsom Funciona contra Pragas?

Sulfato De Magnesio

Cochonilhas, mosca branca, gafanhotos, grilos, aranhas, formigas e outros insetos podem comerem suas plantas e parasitarem seu jardim. A coisa fica ainda mais feia quando esses insetos saem do controle e se tornam uma infestação.

O sal de epsom também é utilizado como pesticida. Embora esse uso seja relativamente popular, não existe comprovação científica de sua eficácia. Ele é comumente utilizado contra caramujos e lesmas.

Perguntas e Respostas sobre o Uso de Sal de Epsom

Você ainda ficou com alguma dúvida? Confira nossa sessão de perguntas e respostas que sem dúvidas vai te ajudar:

Posso usar sal comum no meu jardim?

O sal comum não tem nenhum benefício para as suas plantas. Ele é utilizado apenas para matar lagartas.

Sulfato de magnésio ajuda no crescimento das plantas?

Sim, principalmente em solos pobres em magnésio.

Quais plantas podem se beneficiar do sal de epsom?

As plantas que mais se beneficiam são aquelas que mais precisam de magnésio e enxofre. Podemos cita os tomares, rosas, batatas, pimentões, cenouras e árvores de frutas cítricas.

Quais plantas não se beneficiam do uso de sal de epsom?

Plantas que exigem pouco magnésio, como leguminosas e vegetais folhosos. Um estudo demonstrou que ele ajuda principalmente em solos mais ácidos.

O sal de epsom deixa as plantas mais verdes?

Ele é conhecido popularmente por isso. De fato, pode ocorrer principalmente em solos pobres em magnésio, que podem tornar as folhas amareladas. Devido ao magnésio ser fundamental para a síntese de clorofila, como dito acima, ele pode deixar as plantas mais verdes em determinadas circunstâncias.

O sal de epsom muda o pH do solo?

Diferente de outros aditivos, ele não modifica o pH do solo. Seu pH é neutro, sendo medido como 7,0.

Sal de epsom serve como fertilizante?

Não. Ele é pobre em nutrientes fundamentais e não serve como fertilizante. Ele só ajuda plantas que dependem de magnésio em solos pobres em magnésio.

Sal de epsom é seguro?

Para aplicação no jardim, ele é considerado um aditivo seguro, uma vez que não se acumula no solo. Mas pode ser perigoso para pessoas e animais de estimação devido as suas propriedades laxantes.

Ainda ficou com dúvidas sobre o uso de sal de epsom no jardim? Deixe o seu comentário com a sua dúvida que a nossa equipe vai te ajudar!

Compartilhe nas Redes Sociais! :)

Facebook Twitter Pinterest Whatsapp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.