Como Plantar Cara de Burro/Punhal Malaio (Alocasia amazonica)

Aprenda a cultivar essa linda planta com grandes folhas em formato de seta!

Publicado em e atualizado em: 08-03-2022 por Lory Aguiar

Essa é uma planta belíssima para cultivar em casa. Seu destaque se dá por suas gigantescas folhas em formato de seta, que apresenta nervuras prateadas ao seu centro, criando um contraste ímpar. Devido ao tamanho das folhas, a alocasia amazonica também é chamada de orelha de elefante. Outros nomes populares incluem cara de burro e punhal de malaio.

Alocasia amazonica

Como o nome científico bem entrega, essa é uma planta que ocorre na floresta amazônica, mas não é nativa do Brasil, sendo originária na Ásia. Eis uma planta de folhagem tropical muito bela para ser utilizada na decoração e paisagismo.

Cara de Burro

Quer aprender tudo sobre o cultivo dessa planta passo a passo? Confira o tutorial que o Meu Verde Jardim preparou para você!

Como plantar Alocasia amazonica

Alocasia amazonica

Nome científicoAlocasia amazonica
Nomes popularesCara de Burro, Punhal de Malaio, Orelha de Elefante
FamíliaAraceae
TipoPerene
OrigemChina
Alocasia amazonica

A família Araceae contempla mais de 500 espécies espalhadas por todo o Brasil. Nessa mesma família, podemos encontrar o antúrio, o filoendro, a costela de adão e outras plantas de uso ornamental.

Como plantar Punhal de Malaio

Características da Orelha de Elefante

Veja algumas das principais características do punhal de malaio:

  • Planta de origem asiática;
  • Planta de clima tropical e subtropical;
  • Planta de crescimento rápido;
  • Suas folhas podem atingir até 60 centímetros;
  • Pouco resistente a baixas temperaturas;
  • Flores nas cores brancas, muito semelhante as flores do lírio da paz.
Cuidados com Alocasia amazonica 497x1024

Veja também: Como Plantar Orelha de Gato

Como Plantar Cara de Burro

Veja exigências, condições e segredos do cultivo da alocasia amazonica:

  • Luz: por crescer a sombra de grandes árvores na floresta amazônica, a alocasia é uma planta de sombra parcial ou mesmo sombra total. Devido a essa baixa exigência de luz, ela é uma planta perfeita para cultivar no interior de casa e decorar salas, quartos, escritórios e afins. O excesso de luz solar pode ocasionar queimagem na folhagem.
  • Fertilização: deve ser feita duas vezes por mês durante a estação de crescimento.
  • Florescimento: essa é uma planta ornamental por conta de sua bela folhagem. É muito difícil que ela floresça quando cultivada dentro de casa. E certamente esse não é o objetivo. Se você deseja flores, precisa escolher outra planta.
  • Localização: no cultivo em interior, o melhor lugar para posicionar a cara de burro é próximo de uma janela, onde ela vai receber incidência de luz solar para manter suas flores no verde intenso com o contraste com as nervuras sem vivo.
  • Folhas amarelando ou murchando: esses são sinais de que a sua planta precisa receber um pouco mais de luz solar para realizar o processo de fotossíntese.
  • Solo: o solo ideal para essa planta deve apresentar uma boa drenagem. Você pode adicionar turfa ou perlita para enriquecer o sono e torná-lo mais drenado. A falta da drenagem adequada pode ocasionar apodrecimento das raízes. Evite o uso de solos mais densos devido a isso.
  • Irrigação: a rega deve ser feita assim quando a camada superior do solo começa a secar. Durante os meses quentes de verão, essa frequência deve ficar em uma vez por semana. Já no inverno, onde o solo é mais úmido, você pode irrigar duas vezes por mês.
  • Temperatura: por ser uma planta de clima tropical e subtropical, você deve evitar temperaturas extremas. Durante os meses mais quentes, certifique-se que a sua planta tem uma boa circulação de ar (ventilação). Nos meses mais frios, posicione a planta em uma região mais quente da casa.
  • Umidade: a umidade ideal para o cultivo da alocasia amazonica é de cerca de 50% em ambientes de interior. Caso a umidade esteja baixa, você pode borrifar água nas folhas para aumentá-la. Algumas pessoas também podem se beneficiar de um umidificador de ambientes.
  • Poda: a poda geralmente é dispensável no caso da orelha de elefante. Você deve podá-la apenas para retirar folhas mortas.
  • Pragas: plantas cultivadas no interior tem uma menor incidência de pragas. As pragas que costumam afetar a orelha de elefante são os ácaros. Leia o nosso artigo de como se livrar de ácaros.
  • Doenças: a doença mais frequente é a podridão das raízes, ocasionada por excesso de umidade e a presença de fungos. É possível prevenir isso com um solo bem drenado e uma agenda disciplinada de irrigação. Os primeiros sinais da podridão de raízes surgem nos caules e na folhagem. Por vezes, é tarde para salvar a planta. A forma de salvá-la é realizando o replantio, que ensinaremos a seguir.
  • Manchas marrons nas folhas: a presença dessas manchas indicam a falta de umidade. Borrife água nas folhas para prevenir o aparecimento desse tipo de mancha.

Como Replantar Alocasia Amazonica

Cuidados com Cara de Burro

Replantio: como dito anteriormente na sessão de características, a alocasia amazonica é uma planta com uma taxa de crescimento bem acelerada. Devido a isso, o replantio deve ser feito a cada primavera, aumentando o tamanho do vaso.

Cultivo de Punhal de Malaio

Confira algumas dicas para realizar o replantio:

  • Realize o replantio a cada primavera;
  • Escolha sempre um vaso com o dobro do tamanho do vaso anterior;
  • Sempre utilize um vaso da mesma altura do anterior;
  • Aproveite para dividir as raízes da planta e propagar a planta.

Alocasia Amazonica é Venenosa, Tóxica ou Perigosa?

Fotos de Alocasia amazonica

Segundo a ASPCA, a Alocasia spp. é uma planta perigosa para animais de estimação como cães e gatos. A toxidade é devida aos oxalatos de cálcio insolúveis presentes na planta. Os sinais de intoxicação incluem irritação oral, inchaço na boca, língua e lábios, além de vômito e dificuldades de engolir.

folhas grandes

Ao perceber os sinais de intoxicação, leve o seu animal ao veterinário.

Conclusão

Podemos concluir que a alocasia é uma planta relativamente fácil de se cultivar. O maior cuidado que se deve ter é em relação com a umidade do solo, que pode ocasionar podridão radicular caso esteja excessiva. Essa é uma planta de folhas grandes e belas que podem trazer um verde tropical para a sua casa decorando todos os cômodos.

Fotos de Cara de Burro
Fotos de Orelha de Elefante
Fotos de Punhal de Malaio
Imagens de Cara de Burro
Orelha de Elefante 5
planta ornamental
plantas de interior
Punhal de Malaio
Punhal de Malaio em vaso

Fontes e Referências: [1][2][3]

Você ficou com dúvidas sobre como plantar a orelha de elefante na sua casa? Comente! Vamos responder todas as suas dúvidas!

Compartilhe nas Redes Sociais! :)

Facebook Twitter Pinterest Whatsapp

Você leu Como Plantar Cara de Burro/Punhal Malaio (Alocasia amazonica). O Meu Verde Jardim estará aqui para te ajudar sempre que precisar!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.